Canil Mukaton
Um cãozinho super companheiro, fofo e amigável

Um cãozinho super
companheiro, fofo e amigável


A raça maltês é caracterizada como uma das mais antigas do mundo, que se espalhou pelos diferentes continentes por meio das trocas comerciais durante o período das navegações. Facilmente reconhecido por seu pequeno porte e pela pelagem branca, o maltês pode apresentar determinado tipo de dificuldade de confiança no início, e consequentemente, acabam estranhando desconhecidos.

Entretanto, quando se adaptam tornam-se corajosos, sendo assim, um excelente cãozinho de estimação, muito carinhoso e atencioso. Tanto que o maltês é a 7ª raça mais popular de cachorro no Brasil.

Além de ser extremamente afetuoso, essa é uma raça que possui muita inteligência, sempre disposto e animado o cão maltês adora crianças. Não é à toa que é considerado um excelente companheiro.

Condição Física


É evidente que o maltês é uma raça muito energética, que necessita estar sempre em movimento ou brincando. Porém, por conta de seu metabolismo lento é comum encontrar cachorros que apresentem problemas com obesidade, que assim, como outras dificuldades físicas, merece atenção. Uma excelente alternativa é criar uma rotina com exercícios físicos, como os rotineiros passeios, essenciais na vida de qualquer cão.

Entretanto, por conta de sua condição física, caracterizada pela baixa estatura e peso, é importante lembrar que o maltês -apesar de sua euforia-, é um cão de pequeno porte, que não possui um extenso condicionamento físico. Ou seja, para evitar problemas e propiciar bem-estar ao cão é essencial optar por exercícios e atividades mais lights e equilibradas.

15 Anos
25cm
4kg
Alto

Expectativa de vida

Que os cães são os melhores amigos dos homens todo mundo sabe, tanto que é comum encontrar diversos pets de estimação que são tratados como um membro da família. Porém, um assunto que costuma entristecer quem tem um cachorro como companhia é a expectativa de vida dos cães, que se difere, e muito, da do ser humano.

O Maltês possui uma expectativa de vida que varia entre 12 e 15 anos, mas esses dados podem variar conforme a rotina do cão. Afinal, assim como os seres humanos, os cachorros também necessitam de dietas balanceadas e de atividades que estimulem a inteligência do bichinho. Outro fator indispensável são as brincadeiras, que além de auxiliarem no condicionamento físico, são responsáveis por proporcionar muito amor ao pet de estimação.

Média de altura

Uma das principais características do maltês é sua baixa estatura, tanto que durante muito tempo na Ilha de Malta - local da onde vem a derivação de seu nome-, essa raça foi muito utilizada para caçar ratos e outros pequenos roedores, já que ele conseguia adentrar lugares com poucos espaços.

Sua estatura varia entre 20 e 25 cm, considerado um cachorro de pequeno porte, o maltês se adapta facilmente aos diferentes locais, tanto que não é necessário muito espaço para criá-lo. Vale lembrar, que essa média de altura pode variar de cão para cão, já que fatores como: alimentação, atividades e até mesmo a ninhada, podem influenciar em seu porte físico.

Média de peso

Justamente por ser considerado um cachorro de pequeno porte, o maltês não possui um alto índice de gordura, sua média de peso varia entre 1,4- 3,6 kg para machos e 0,91- 3,2 kg para fêmeas. Em alguns casos isolados, pode-se encontrar malteses que alcançam até 4 kg.

Mas por conta de seu tamanho reduzido é importante ficar atento com possíveis problemas de saúde causado pelo excesso de peso. Outros fatores de extrema relevância são a alimentação e as atividades realizadas pelo cão, já que a média de peso do maltês dependerá da rotina que o cão leva.

Nível de fofura

A maioria dos animais de estimação são conhecidos por serem extremamente fofos, mas os malteses se destacam ainda mais nesse quesito. Possuindo um alto nível de fofura os cães da raça maltês são considerados extremamente carinhosos e afetuosos. Tanto que eles se adaptam facilmente aos seus donos.

Mas, assim como outros animais, os malteses podem apresentar um certo nível de ciúmes, chegando até a serem mais geniosos, por isso, é importante realizar um trabalho de socialização com pessoas e outros animais ainda quando os bichinhos são jovens. Muitos especialistas indicam treinamentos baseados em reforços positivos, caracterizados pela recompensa - geralmente um petisco-, que o cachorro recebe ao realizar uma ação de forma correta.

Características de comportamento


Algo característico de todos os cachorros de estimação é a fofura e o amor que esses animais são capazes de transmitir, e se tratando de malteses esse nível consegue ainda dobrar. Considerado a fofura em forma de cachorro, o maltês consegue conquistar qualquer pessoa só por meio de sua aparência e espírito energético.

Se você busca por um cachorro para brincar, acariciar e apertar, sem dúvida, o maltês é a opção certa. Caracterizados como cães dóceis, os malteses são facilmente agradados, pois estão sempre à procura de carinho e alguém para brincar. É importante ressaltar que assim como qualquer outro cachorro, os malteses necessitam socializar com outros animais, pois, cachorros que não possuem muito contato com pessoas podem se mostrar um tanto quanto agressivos.

Ademais, o maltês é um excelente companheiro, sempre muito protetor e carinhoso.

Características de comportamento

É adaptável?

Requer atenção?

Apartamento?

Late muito?

Gosta de gatos?

Gosta de crianças?

Gosta de cães?

Precisa exercitar?

É espaçoso?

Fácil tosar?

Problemas saúde?

É inteligente?

Gosta de brincar?

Cai muito pelo?

É sociável?

Amigável?

É territorialista?

Fácil de treinar?

É cão de guarda?

É friorento?

É calorento?

A raça com crianças, desconhecidos e outros animais

O maltês é conhecido como uma raça que adora brincar e é bastante ativo. Os malteses são aqueles típicos cães diplomatas que são bastante sociáveis e adoram conhecer pessoas novas, principalmente aquelas que estão dispostas a jogar bolinhas para ele buscar. Adoram agradar e estão sempre pedindo atenção ou fazendo alguma peripécia para chamar a atenção de desconhecidos.

Em relação às crianças, apesar de agitado e afetuoso, o maltês é um cão de pequeno porte, o que o torna um pouco mais suscetível a se machucar, principalmente quando o cão brinca com crianças menores. Esse tipo de situação pode causar estresse ao animal, refletindo assim, em situações agressivas por parte do animal.

Entretanto, assim como outros pets de estimação, se adaptado desde pequeno, o maltês terá uma boa convivência com crianças, desconhecidos e outros animais de estimação.

O Maltês late muito?

Ao optar pela adoção ou compra de um cachorro é sempre importante levar alguns fatores em consideração, afinal os animais de estimação também possuem sentimentos e necessidades básicas que precisam ser atendidas.

Muitas pessoas hesitam em criar um cachorro por conta do latido, que por consequência pode incomodar os vizinhos ou inquilinos. Um ponto indiscutível é que todo o cachorro late, uns mais, outros menos. E esse fator é implicado por uma série de motivos, que vai desde a raça no animal, até a forma como ele é criado.

O maltês é caracterizado como um animal que late bastante, principalmente por ser um meio do animal se comunicar com seu proprietário. Situações como: brincadeiras, alegria ou euforia são mais propícias para as vocalizações desse animal.

Adapta-se em apartamento?

Não só de adapta bem em apartamentos, como é conhecido como uma raça típica para apartamento. Principalmente por conta de seu porte pequeno, que faz com que ele não necessite de muito espaço, seu temperamento gentil e afetuoso são outras características que fazem com que o maltês conviva bem em ambientes menores.

Mas, vale ressaltar, que tudo é questão de adaptação, por isso, é importante que o cão se habitue ao local, ou seja criado desde filhote. Desta forma, é possível garantir que o bichinho possa viver muito bem em apartamentos.

A raça é destruidora?

O maltês é um cão muito afetuoso e apegado ao seu dono, o que por um lado é algo muito positivo, - já que é ótimo ter uma bolinha de pelos sempre por perto- , por outro pode ser um problema, já que no momento que necessita ficar sozinho, o animal pode desenvolver do que se chama de ansiedade de separação.

Portanto, é muito importante optar pelo adestramento do animal, assim, ele aprenderá a lidar bem com os períodos que seu dono estará ausente, sejam eles, períodos curtos ou longos.

O Maltês é agitado?

Esse fator depende muito do tutor do animal, isso porque, com o passar do tempo o cão se ajusta ao estilo de vida de seu dono, tanto que é muito comum encontrar animais de estimação que são muito parecidos com seus respectivos donos.

Sem dúvidas, o maltês é um cão que adoro brincar, então em determinados momentos ele estará mais agitado e em outros ele estará mais relaxado. Justamente por isso, é importante o adestramento do animal.

Destaques e Curiosidades

Destaques e
Curiosidades


Queridinho das celebridades: Por ser um cão de pequeno porte e muito carinhoso é comum encontrar diversas celebridades que possuem um cachorro da raça maltês como seu fiel escudeiro, sendo considerada uma das raças mais queridas entre as celebridades. A atriz Halle Berry possui um casal de malteses chamados Willy e Polly. Já nas terras brasileiras, quem faz bastante sucesso é a Luna, a maltês da atriz Bruna Marquezine.

Animal adorado pelos egípcios: Não foi apenas o gato um dos animais mais adorados pelos egípcios, em meio à esse grupo idolatrado está o maltês, tanto que existem registros e até mesmo uma estátua com a representação de um bichon (um dos nomes dados ao maltês), na cidade de Fayum, no Egito.

A História do Maltês


É difícil trilhar um caminho linear sobre a história dos malteses, existem diversos registros que datam o surgimento desta raça em 4.000 a.C, sobre seu “local de nascimento” alguns afirmam ser o maltês um animal asiático, enquanto outros garantem que ele é um nativo de Malta.
É certo afirmar que ele foi um animal muito utilizado para caçar roedores, por conta de seu porte pequeno -com baixa estatura e baixo peso-, além disso, foi utilizado como moeda de troca entre os portos de Malta. Com o passar do tempo esse padrão foi se modificando, hoje ele é tido como um animal de estimação muito popular, tanto que o maltês é o quinto animal de estimação mais popular no Brasil.

Destaques e Curiosidades
  • Origem
    add

    É difícil saber ao certo a origem dos malteses, é fato que essa é conhecida como uma das raças de toys europeias mais antigas do mundo, tanto que existem diversos artigos e documentos datados em 1500 que promovam isso. Entretanto, é de conhecimento geral que seu nome é uma referência a Ilha de Malta, localizada no Mar Mediterrâneo, conhecida como um dos primeiros portos comerciais, visitada por marinheiros fenícios.

    Porém, existem registros desses animais em escrituras de Aristóteles (384-322 a.C.), na Grécia, e diversos outros indícios - até mesmo estátuas-, que comprovam a longevidade da raça.

  • Ancestrais
    add

    Existem indícios que comprovam que os cães malteses eram utilizados para a caça de animais menores, como ratos e camundongos em depósitos nos armazéns de portos de cidades litorâneas, porões e navios antigos. Isso se deu principalmente por conta da baixa estatura do animal, que conseguia adentrar até os locais menores e mais reclusos, nos quais os roedores ficavam reclusos.

    Ademais, o maltês foi um animal muito utilizado como moeda de troca entre marinheiros e comunidades portuárias da região do Mediterrâneo.

  • Migração
    add

    Assim como diversos outros animais, os cães malteses foram migrando ao redor do mundo, passando assim, por inúmeros cruzamentos, o que consequentemente, o modificou esteticamente, como: diminuição de tamanho, mudança de traços estéticos e nova coloração à pelagem, que culminou na pelagem branca.

    Assim que iniciado seu processo de migração o Bichon Maltês - nome dado ao cão maltês-, chegou rapidamente ao Reino Unido, e apenas depois disso ele alcançou novas continentes e países. A raça só chegou aos Estados Unidos no fim dos anos de 1800. No Brasil, o maltês ganhou mais popularidade a partir dos anos 2000, atualmente ele é considerado a 7ª raça mais popular no país.

  • Reconhecimento
    add

    Apesar de ser uma raça muito antiga, esses cães foram introduzidos ao Westminster Kennel Club -evento de competição de cães realizado anualmente em Nova York a partir de 1877-, na Inglaterra, em torno de 1870. Já o American Kennel Club reconheceu a raça em 1888.

    Mas a popularidade do cão maltês só veio mesmo em 1950, tanto que até hoje é muito comum encontrar diversas famílias que possuem filhotes de maltês. O charme e afeto desses cãezinhos continuam atravessando gerações.

Características físicas


O maltês é muito caracterizado pela pelagem em excesso na tonalidade branca. Mas sabia que nem sempre ele teve essa tonalidade? Com o passar do tempo e o cruzamento com outras raças proporcionou ao maltês novas características em sua aparência.

E até mesmo sua personalidade foi modificada ao longo do tempo, já que antes ele era tido como um animal que caçava roedores, e hoje em dia ele se tornou um dos animais de estimação mais fofos e populares.

Cores da raça

Não existe uma diferença muito grande em relação às características físicas dos cães malteses, em geral eles são caracterizados por possuir um porte pequeno e o corpo mais alongado. A cabeça é ligeiramente mais longa que o focinho, a coloração dos olhos é ocre escuro, e são cães bem vivos e bastante atentos.

Em relação à variações a raça não apresenta nenhuma, no começo do século 19 existiam 9 tipos de transições da raça, mas atualmente não existem mudanças marcantes em relação à raça e à pelagem. Alguns animais possuem tons marfim e nuances mais escuras nas orelhas e patas.

As diferenças mais evidentes entre os animais são notadas por conta do peso ou pela altura do cachorro, que pode variar de ninhada para ninhada.

Personalidade


O maltês, - como já foi dito aqui-, é um cachorro muito sociável, adora brincadeiras e diversão, e nunca dispensa um carinho do tutor. Por isso, se você pensa em ter um pet desses em casa, é importante estar sempre ciente que ele está a todo momento a procura de atenção.

Apesar de muito fofo e aparentar ser muito delicado, o maltês segue aquela famosa e tradicional linha de cachorros de pequeno porte que possuem uma forte personalidade. Mesmo sendo muito inteligente, o maltês pode se apresentar teimoso e persistente em alguns momentos. Mas esse padrão pode ser rompido, caso ele receba o devido adestramento, os benefícios são ainda melhores quando esses animais são treinados desde a infância.

Personalidade

Convivência

Os malteses costumam confiar muito em seus donos, isso porque eles criam um laço de amor e afeto muito poderoso. Mas não se engane, os cães desta raça gostam de atenção e carinho, então pode se tornar comum ver seu bichinho pedir afago para algum desconhecido. Essa cordialidade e gentileza são traços muito marcantes da raça.

Em relação ao comportamento do maltês pode-se dizer que ele é um animal que consegue se adaptar ao ritmo do seu tutor, ou seja, apesar de ser um animal tipicamente agitado, o maltês pode apresentar uma personalidade mais calma, e muitas vezes mais sossegada. Tornando assim, a convivência com outros animais, crianças ou idosos bem mais tranquila.

Socialização

Quando se trata de socialização o maltês é um destaque, principalmente com seres humanos, mas quando o assunto são outros pets de estimação e de um novo lar é importante proporcionar um período de adaptação ao animal, realizando algumas alterações necessárias à rotina do pet. Desta forma é possível, propiciar um maior bem-estar ao bichinho.

É sempre importante lembrar que o maltês é um animal muito apegado a companhias, por isso, é importante trabalhar desde cedo a chamada “ansiedade de separação”, que basicamente é quando o animal sente muita falta dos donos em sua ausência. Por isso, é indicado que esse processo seja realizado desde que o pet é filhote.

Saúde e Bem Estar

Saúde e Bem Estar


O maltês é considerado um animal muito saudável - mesmo sua aparência apresentar mais delicadeza e fragilidade-. São raros os animais que podem desenvolver ou apresentar problemas de saúde mais sérios.

Independente disso, é importante ressaltar que as idas ao médico veterinário são indispensáveis, afinal, só por meio dessas consultas é possível indicar se seu pet está bem ou se necessita de algum procedimento médico.

Escovação dos pelos

Com certeza uma das partes que mais chamam a atenção é a pelagem do maltês, caracterizada com pelos longos e bem branquinhos, o pet ganha um aspecto de fofura ainda maior. Mas para manter esses pelos sempre bonitos e sedosos é importante seguir alguns procedimentos, como por exemplo: a escovação deve ser feita diariamente, evitando assim que os pelinhos fiquem emaranhados.

Por meio dessa simples atividade cotidiana é possível evitar que os pelos fiquem embaraçados e que seja necessário a tosa do animal. Portanto, o ideal é manter os pelos sempre muito bem cuidados.

Higiene

A higiene do maltês está muito relacionada a saúde dos pelos do animal, que são considerados um destaque. Não existe de um fato, um tempo médio para levar o animal para tomar um banho, em geral, depende muito da rotina do bichinho e de seu dono, fatores como: passeios rotineiros; brincadeiras ou idas à lugares abertos; influenciam muito na necessidade de banhos com mais frequência.

É indicado que os pelos do maltês sejam penteados com frequência e que sejam selecionados shampoos e condicionadores indicados especialmente para a raça. É importante também enxugar a pelagem com cuidado e secar muito bem o animal.

Ressaltando que os dentes devem ser escovados com frequência, para que fiquem livres de tártaro, mau hálito e bactérias bucais. E as unhas devem ser aparadas com frequência, caso elas não se desgastem naturalmente com as atividades físicas.

Cuidados com a saúde do Maltês

No geral, os cães da raça maltês são bastante saudáveis, entretanto, existem algumas doenças específicas que tendem a atingir mais a raça. Alguns animais podem apresentar complicações cardíacas, com sintomas de cansaço excessivo. Por isso, é sempre muito importante levar seu animal à consultas periódicas com médicos veterinários.

Outros fatores comuns de surgirem são problemas relacionados à peso, por isso, é muito importante o tutor manter os bons hábitos do animal, levando-o para passear e servindo dietas balanceadas.

Alimentação

Como já ressaltado o maltês pode apresentar problemas relacionados ao excesso de peso, portanto é indispensável a atenção de seu dono em relação ao tipo e a quantidade de ração que o animal está se alimentando.

Também é indicado a realização de atividades físicas de forma rotineira e a ida à consultas veterinárias, nas quais o médico responsável pode indicar outros ingredientes ou remédios para complementar a alimentação do animal.

Acompanhamento

O acompanhamento veterinário é indispensável, independente do pet de estimação, por isso é essencial levar o seu bichinho em consultas periódicas, e não apenas quando ele apresentar alguma indisposição.

Desta forma, é possível evitar o desenvolvimento de inúmeros tipos de doenças e proteger o animal contra outras complicações.

Filhotes de Maltês

Todo tipo de filhote do reino animal necessita de cuidados específicos, isso porque eles, assim como os seres humanos, apresentam uma baixa imunidade e são muito frágeis. Justamente por isso, existem alguns fatores que tornam a ida do filhote para o novo lar mais fácil, como: adaptação e proteção contra acidentes dentro de casa, ração adequada disponível para o filhote, e principalmente, um local no qual ele possa descansar, de preferência sempre recebendo muito carinho e amor.

Lembre-se ao adotar ou comprar, verifique se o animal foi devidamente vacinado e vermifugado. É importante também esperar um tempo até a realização de caminhadas longas ou exercícios mais pesados, em geral a partir dos 8 meses o filhote começa a apresentar uma força maior física e mais disposição para longos passeios.

Dicas de Adestramento


Adestrar o maltês durante a infância proporciona uma série de benefícios que envolvem o bem-estar do animal, além de ser muito mais fácil. Durante essa fase é importante a implementação de técnicas mais simples, o que consequentemente ajuda na adaptação do bichinho aos poucos às regras do novo lar.

O maltês é uma raça que presa muito pelo contato e atenção, por isso é indicado realizar um treinamento que o estimule, muitos especialistas aconselham técnicas de adestramento que consistem em recompensar, - muitas vezes por meio de petiscos- o animal, demonstrando assim que ele realizou a lição de forma correta.

Saúde e Bem Estar

Perguntas frequentes:

A seguir, nós do Canil Mukaton, separamos algumas dúvidas frequentes que surgem quando se trata dos cães da raça Maltês:

Como saber se o cachorro Maltês é puro?

Identificar se um cão é de raça ou não, não é uma tarefa tão fácil, é importante levar alguns fatores em consideração. Algumas características quase que exclusivas são importantes para discernir o cão Maltês, como por exemplo, seu pequeno porte, os cães dessa raça são característicos por serem pequenos, a grande maioria atinge pouco mais de 20 centímetros e possuem um ar orgulhoso e distinto.

Suas outras características incluem um cabelo comprido, branco, puro, geralmente caindo sem crespar. Podendo ter um tom pálido de marfim. Sua pelagem é conhecida por sedosa e brilhante. Possui uma cabeça redonda com orelhas triangulares tufadas e caídas. Seus olhos são escuros, pequenos e arredondados.

Já seu corpo é bastante musculoso com um tronco estreito e longo. Sua cauda é curva e inclinada. Quanto a sua personalidade, o maltês é considerado um cão feliz, bastante robusto e sempre ativo.

Qual o valor de um cachorro Maltês?

Se você se interessou pela raça Maltês e quer um filhote brincalhão como ele para alegrar seus dias, faça um investimento em um cão dessa raça. O preço de um filhote de Maltês pode variar entre R$1.500 e R$5.000. Mas lembre-se, que tudo depende da linhagem e do canil de origem do seu cãozinho, os progenitores podem influenciar no preço do filhote por sua herança genética.

O preço muda conforme é feita a linhagem dos cães, como por exemplo quando os progenitores são internacionais, isto poderá mudar significativamente o valor a ser pago pelo animal. Por isso, o ideal é ter a confiança de canis registrados e que atuam legalmente, cumprindo as normas de segurança e higiene nos cuidados essenciais

Qual o peso ideal para o Maltês?

Por ser um animal de porte pequeno, a raça maltês costuma ter em média de 3 a 4 quilos, tanto os machos quanto as fêmeas. Isto devido a sua genética, estrutura e alimentação. Estes números podem variar, mas o ideal é manter entre estes pesos para evitar que o cachorro apresente problemas de saúde futuramente, pelo excesso ou falta de peso.

Se a alimentação não for balanceada, o animal poderá apresentar sérios problemas com o passar dos anos, como por exemplo a obesidade, que pode trazer diversas outras complicações como predisposição, falta de exercícios, entre muitos outros fatores. Por isso, é importante estar sempre de olho nas medidas do seu cachorro para evitar estes problemas.

Um maltês saudável tem o peso entre 4 e 5 quilos, apresentará vitalidade e disposição para brincar, correr, fazer exercícios, com a saúde em dia. A estrutura de seu corpo não será pesada demais ou leve demais, o que poderia comprometer outras regiões.

Como dar banho no cachorro Maltês?

Como característica o pelo branco e bem solto, a raça maltês utilizam de alguns truques para se manter tão bonitos. Uma das alternativas para deixar o pelo tão sedoso e brilhoso é um banho feito com todo o cuidado e carinho que eles merecem, com os materiais específicos para dar o charme final.

O pelo do cachorro maltês é branco, longo e fino. Geralmente, a sua troca acontece com o crescimento no inverno e a queda no verão. Pela sua delicadeza, os cuidados diários com a pelagem do animal são essenciais para ter sempre a aparência elegante que eles são tão reconhecidos.

Antes de qualquer coisa, é necessário e importante consultar o veterinário do seu pet para que ele explique a frequência de banhos e os cuidados que devem ser tomados. Tudo vai depender da disponibilidade dos donos, da estrutura e necessidade do seu animal e como ele reage a tudo isso.

Um dos primeiros passos na hora de dar banho em um maltês é fazer a escolha certa do shampoo. Existem alguns específicos para essa raça que ajudam na sua pelagem para que ela fique mais branca e sedosa, eles são chamados de branqueadores e tonalizantes. Eles realçam a coloração do pelo natural sem tingir, deixando a sua aparência ainda mais elegante.

Os branqueadores têm efeito de imediato, sem precisar deixar agir e sua duração pode chegar a uma semana. Já os tonalizantes necessitam de um tempo a mais em ação com o pelo, geralmente de 10 a 15 minutos e pode durar até um mês. Normalmente o uso desses produtos é feito com a diluição dos shampoos, em pequena quantidade para não comprometer o animal. A aplicação deve ser feita com massagens e delicadamente. Não é indicado a aplicação direta no pelo, pois pode correr o risco de manchar.

O condicionador também é essencial no banho do maltês, pois é ele que dá todo o efeito sedoso e brilhoso para o pelo, garantindo a maciez e o caimento perfeito para que seu pet possa esbanjar charme para onde for. A aplicação deve ser feita com cuidado e precisamente, sem excessos para que os resultados possam ser ainda melhores. Caso os donos acharem necessário, também é possível hidratação com máscaras mais intensas e duradouras para um pelo mais macio por mais tempo.

Como cuidar de um cachorro da raça Maltês?

Apesar do pequeno porte de um cachorro da raça Maltês, ele é um cão muito saudável e forte, um dos seus principais cuidados é a manutenção do seu pelo. Manter ele com suas características principais de ser sedoso, brilhante e livre de nós, é importante. Por possuírem pelos finos e com tendência a embaraçar, é importante escová-los diariamente e ter uma rotina de banhos regularmente. Opte por um condicionador próprio para o pelo e para a raça, fazendo isso você evita que ele sinta dor ao ter seu pelo escovado.

Outro cuidado importante a se ter, é com a saúde bucal do seu cãozinho. O Maltês tem grande tendência ao desenvolvimento de uma doença periodontal, mais conhecida como tártaro, por isso é importante adotar a escovação dos dentes de seu cachorro, isso evita a retração da gengiva, comprometimento e exposição da raiz e perda precoce dos dentes. Ao adotar medidas de cuidado com a higiene bucal, você previne que as bactérias entrem na circulação sanguínea do seu animal de estimação e se alojem em outros órgãos, como coração, rins, fígado e articulações.

As unhas do cachorro também devem ser cortadas regularmente, esse cuidado evita que ela se quebre na raiz e não machuque o seu cão.

Para cuidar bem do seu companheiro, além de tomar os devidos cuidados diários, é importante que se realize visitas ao veterinário a cada 6 meses, respeite seu calendário de vacinação e não esqueça dos tratamentos antiparasitários internos e externos.

O que o cachorro Maltês pode comer?

Assim como os humanos precisam ter uma alimentação balanceada, é imprescindível que os animais também recebam uma, isso garante que eles tenham energia e uma boa saúde. É importante alimentar seu cão da raça Maltês com as rações recomendadas e adequadas ao seu peso, porte e idade.

As rações de alta qualidade, com uma combinação ótima de proteínas, gorduras, hidratos de carbono e vitaminas, são ideais para se oferecer ao seu cachorro, pois elas garantem uma nutrição completa e equilibrada. Por conta do pequeno porte, a sua energia e o seu metabolismo, é importante oferecer pequenas quantidades de alimento várias vezes no dia.

Um aspecto importante na hora de escolher a ração ideal para o seu Maltês, é a sua idade. As rações são elaboradas para satisfazer as necessidades nutricionais das diferentes etapas da vida dos cachorros, seja ela filhote, adulto ou idoso.

O que o cachorro Maltês não pode comer?

Embora o Maltês seja um cachorro com uma boa saúde, ele pode ter o estômago sensível e por isso não consegue reagir bem a todos os alimentos.

É importante atentar-se a grande tendência ao desenvolvimento de tártaro que essa raça tem, para evitar que isso aconteça e prejudique a saúde do seu cão, é preferível que não lhe ofereça rações úmidas.

Não é recomendável que habitue o cachorro a comer comidas caseiras, produtos de charcutaria, lácteos, chocolate e algumas frutas, esses alimentos são prejudiciais para a sua saúde. Controlar o consumo de snacks, petiscos e guloseimas é importante para prevenir a obesidade.

Quando o Maltês deixa de ser filhote?

Fofos, brincalhões e desajeitados, a fase filhote é uma das mais divertidas e gostosas de acompanhar. Tanto para os donos, quanto para os cachorros é tudo muito novo e recente em suas vidas. É o momento de descobrir um novo mundo e criar uma relação familiar.

Mas como fase natural da vida, os cães crescem, amadurecem e viram adultos. Cães de pequeno porte, como o Maltês, atingem a fase adulta mais rapidamente. Entre os 9 e os 12 meses de idade, você já pode considerar o seu cachorro adulto.

Qual é o tempo certo para castrar um Maltês?

Assim como existe superpopulação humana, também existe a de animais domésticos, sabe-se que muitos animais não conseguem um lar, ficam pelas ruas e acabam procriando indevidamente. A única e eficaz forma de evitar que isso aconteça é castrando o animal.

A castração não é uma forma de proibir a reprodução animal, ela representa uma forma segura de prevenir algumas doenças graves, evitar a superpopulação dos animais, diminuindo o número de filhotes abandonados e influenciando no cuidado e na posse responsável.

A castração deve ser feita por um médico veterinário, em uma clínica devidamente equipada, com todo suporte técnico caso tenha um imprevisto na cirurgia. A cirurgia é feita com anestesia geral, para ser indolor ao animal, o que permite que em dois ou três dias ele retorne suas atividades diárias. O pós-operatório dura em média de 7 a 10 dias, e as recomendações do veterinário devem ser seguidas à risca.

Embora não tenha idade para realizar a castração, é recomendável que a fêmea da raça Maltês seja castrada antes do primeiro cio, entre os cinco e seis meses de idade. Já o macho dessa mesma raça, pode ser castrado antes do seu desenvolvimento sexual se completar, entre os sete e dez meses de idade.

Quais são as cores que um cachorro Maltês pode ter?

O Maltês é um cachorro pertencente ao grupo dos toys, as raças são caracterizadas pelo seu pequeno porte e personalidade forte. Outro aspecto que caracteriza o Maltês é seu vistoso pelo longo, liso, sedoso e brilhante. Essa pelagem da raça não costuma apresentar variações de cores, então, na maioria das vezes, os cães dessa raça são brancos.

Existem alguns casos que pode ser que o cachorro tenha as orelhas de cores amareladas ou castanhas, mas não é muito comum, já que não são de preferência dos seus criadores.

A pelagem do Maltês é muito única e característica, o branco puro de seus pelos lembram titânio, que se espalham por todo o corpo, através dos longos e lisos cabelos.

Qual é o tempo médio de vida de um cachorro Maltês?

Quando decidimos colocar um animal de estimação em nossas vidas, nunca gostamos de pensar em tragédias que podem fazer com que percamos o nosso cãozinho, mas infelizmente isso vai acontecer um dia, é o ciclo natural da vida. Mas a grande questão é, qual a expectativa de vida de um cachorro da raça Maltês?

Os cachorros de pequeno porte e pertencentes ao grupo toy, costumam viver mais do que um cachorro de porte grande, os pequeninos têm uma longa expectativa de vida, variando de 12 a 15 anos. Caso o animal não sofra ou sofra poucas alterações genéticas em seu desenvolvimento, e não tiver problemas de saúde, ele pode chegar até 18 anos. O Maltês é o companheiro ideal para se ter na rotina durante bons anos.

Qual a diferença entre um Maltês micro e mini?

No mercado de compra de animais, há uma procura muito alta por animais de porte pequeno. Isso porque eles são delicados, fofos, fáceis de transportar, comem menos e dão menos trabalho. Por isso, entre as raças mais requisitadas está o maltês. No entanto, muitas pessoas têm dúvidas sobre o macro e o micro desta raça e quais as diferenças, e é por isso que vamos explicar em detalhes.

O cachorro maltês denominado de mini é aquele que tem sua altura entre 22 e 25 centímetros e com peso de até 5 quilos. Esta raça se caracteriza por ser a menor de pelagem branca do mundo. Entretanto, o maltês micro não existe, eles são apenas filhotes menores da mesma ninhada.

O cachorro Maltês solta muito pelo?

A raça maltês é uma das raças que menos solta pelos. Para que ele seja forte e saudável, é imprescindível cuidar bem da alimentação, que é um dos pontos principais para a saúde. Ter a ração ideal, indicada pelo veterinário é o primeiro passo que se deve fazer, pois ela promove a nutrição necessária no organismo do animal. Além disso, é importante evitar dar comidas humanas, como petiscos, porque pode ter diversas consequência negativas. Outro passo é fazer sempre a escovação do pelo do maltês, desta forma, diminuirá ainda mais o caimento do pelo perfeitamente, além de tirar todo os nós.

Qual é o clima mais adequado para o cachorro Maltês?

Um dos fatores que deve estar sempre atento com um animal é qual o tipo de clima ideal para ele, pois isso pode influenciar no seu comportamento e até mesmo na sua saúde. Por possuir pelos longos e ter uma energia sem igual para brincar, a raça maltês se adequa melhor a ambientes com temperatura moderada para fria. Porém, consegue se adaptar ao calor, mas pode sentir mais cansaço e menos disposição para atividades que são frequentes para eles.

Como deixar o pêlo do Maltês mais branco?

Existem alguns tipos de produtos específicos que podem ser usados no animal para ajudar na sua pelagem. No caso do maltês, costuma ser usado o branqueador e o tonalizante. Ambos podem ser encontrados em pet shops com facilidade, e apesar de desempenharem a mesma função, eles reagem de forma diferente.

O branqueador pode ser diluído no próprio shampoo. Ele não tem a necessidade de deixar agir no pelo do maltês, somente aplicar com cuidado, massageando delicadamente. Ele pode deixar a pelagem mais branca por até uma semana. Já o tonalizador tem um efeito mais duradouro, podendo ter resultados até um mês depois da aplicação, deixando o aspecto bonito e sedoso para o animal.

Cuidados com a pelagem do Maltês

Para manter o pelo do maltês com uma boa aparência, macio, branco e livre de nós, é preciso cuidar da forma ideal. Isso pode ser feito através dos produtos diários como shampoos, condicionador, escovação com frequência, banhos regulares, entre outros. O condicionador deve ser o ideal para o tipo de pelagem do animal para que consiga ter bons resultados e evitar que o pelo quebre. Além disso, é possível fazer tratamentos extras como o uso de uma máscara de hidratação, branqueadores e tonalizantes, como ditos anteriormente.

Compre o seu Maltês!
Entregamos em todo o Brasil


Agora que você já sabe tudo sobre a raça maltês que cada vez mais vem conquistando um maior número de pessoas, que tal ter seu próprio maltês? Nós, do Canil Mukaton compreendemos a importância dos cachorros como animais de estimação, por isso comercializamos cachorros maltês com muito amor e carinho.

Para mais informações entre em contato por e-mail: [email protected] ou se preferir nos telefone: (11) 2451-1131/ Whatsapp: (11) 94730-6127. O Canil Mukaton terá um imenso prazer em te atender e esclarecer suas dúvidas.

Estamos localizados na Rua Antônio Freitas, 27, Vila Galvão, Guarulhos - SP. E se você não mora em São Paulo não precisa se preocupar, os cães maltês são enviados para diversas outras regiões do país!

Saúde e Bem Estar